Fhanny Entrevista com Ruth Vieira

quinta-feira, março 03, 2016 Stefhany Gregorio 1 Comments


Ruth Vieira é professora e dona de um dos grupos no facebook com a maior concentração de mulheres negras, cacheadas e crespas do Espirito Santo, chamado Divas Cacheadas - Es. Ruth divide sua experiencias com o seu cabelo tipo 4 com as suas leitoras e amigas com um carisma único e um carinho incondicional. 






"Eu tive um pai que soube me empoderar muito bem..."



Nome.
Ruth Vieira 

O que te levou a assumir o cabelo crespo?
Eu assumi o meu cabelo crespo faz mais ou menos 9 a 10 anos, quando comecei a frequentar o Beleza Natural com a intenção de ter cachos.

Tem algum tipo de química nos cabelos?
Sim, eu relaxo o meu cabelo com a Ziane no ZR Instituto.

Como lida com as críticas?
As criticas que eu mais recebo por incrível que pareça são das minhas irmãs negras que assumiram o seu cabelo natural e as mesmas não aceitam que eu decidi por livre e espontânea vontade por achar melhor por me sentir linda e mais empoderada  a por eu assumir que o meu cabelo fica muito mais bonito sendo quimicamente tratado.  Então todas as criticas que eu ouço em relação ao meu cabelo são das próprias negras que não aceitam a minha escolha. Eu ouço que eu não sou negra de verdade por eu não assumir os meus cachos.


Qual o seu produto de cabelo favorito do momento?
Um produto que eu não vivo sem é o creme de pentear da Dhönna.


Qual foi o melhor conselho que já recebeu?
O meu pai antes de falecer a ultima conversa que eu tive com ele lá no hospital falou, “seja feliz, não deixe que nada nem ninguém nem qualquer coisa nem qualquer ocasião te tire a busca da felicidade”, e desde então eu procuro ser muito feliz.

Quem te inspira e por quê?

A vida me inspira a minha fé em Deus me inspira os meus alunos o sorriso de cada criança me inspira o dia de amanha, eu sei que hoje pode estar ruim, mas amanha pode estar bem melhor, não tem nada que não passe e que não possa melhorar.

Uma frase.
O amor vence tudo, até mesmo quando dói o amor vence tudo.

Qual foi a primeira vez que você se sentiu empoderada?
Essa pergunta é muito boa, eu já cresci empoderada, eu tive um pai que soube me empoderar muito bem. Eu vim do Jardim Gramacho, um lixão do rio e o meu pai sempre soube me valorizar e valorizar os meus irmãos para a gente se achasse em meio a todo aquele lixo, então eu não sei te falar quando eu fui empoderada, por que eu nasci assim o meu pai nos ensinou que nos estamos nesse mundo para sermos felizes e que Deus um dia iria iluminar. 


Quem te empoderou?
Foi o meu Pai a minha mãe e a minha família em si. 

Um conselho para quem quer assumir os cabelos cacheados/crespos.
Independente se você quer assumir o seu cabelo cacheado, liso, crespo com trança ou mega eu te dou um conselho para você buscar o que te faz feliz.  Se você quer ser feliz descubra o cabelo que você quer ter.


Suas redes sociais e blog



Um comentário: