Encontro das Pretas 2015

quinta-feira, dezembro 10, 2015 Stefhany Gregorio 0 Comments

Nesse mês de dezembro nos tivemos o Encontro das Pretas aqui no Espirito Santo, que é um evento que reúne muitas negras e suas famílias e a alem disso também uma feira de Afroempreendedorismo maravilhosa que fez o meu espirito consumista surtar por que eu sou dessas. Esse vai ser um post super pessoal então se prepare. 


Eu confesso que esse encontro foi o mais emocionante que eu já participei, tudo estava lindo e bem organizado e poder escutar as historias de algumas negras que estavam lá foi muito emocionante, fora o fato de reencontrar a LACRADORA da Priscila Gama que eu sou super fã  estar com as minhas amigas linda  Ariana a Marcia e a Ruth Vieira e conhecer a Nathany Sampaio que é maravilhosa e super simpatica e também poder estar no mesmo ambiente e assistir uma roda de conversa com a Tassia Reis que me fez quase ter um ataque cardíaco de tão eufórica que eu fiquei (Eu não sei ser fã e travei na hora que a vi kkk). Agora vamos falar do que eu senti sobre as conversas e sobre as historias de algumas mulheres que participaram do encontro. Foi super tocante todas as historias e me ensinou muita coisa e me fez me orgulhar ainda mais de ser uma mulher negra. Durante uma das conversas que a Priscila Gama estava tendo com todas nós, ela contou uma situação que ela passa com de algumas pessoas (inconveniences), que tem a cara de pau de falar que ela não é negra por ela ter o tom de pele que tem, dai depois de muito assunto ela disse que sim ela é NEGRA e que esses questionamentos a irritam muito, e na mesma hora eu me identifiquei com isso, eu sempre sofro esses questionamentos e algumas vezes afirmações no dia a dia de que eu não sou NEGRA e que eu me defino como NEGRA por que é muito conveniente se dizer NEGRA por causa da imagem que a raça recebe (agora sofrer preconceito deve estar na moda e eu não estou sabendo), isso me tira extremamente do serio. Eu não sou menos NEGRA por ter o meu tom de pele e nem tenho "privilégios" como os brancos por ser assim, então na hora em que eu me afirmo como mulher NEGRA eu quero que as pessoas entendam e aceitem isso sem discussões (coisa que nem sempre acontece).  Eu absorvi muitas coisas nesse dia e vocês poderão perceber isso ao longo do meu desenvolvimento como uma mulher negra (espere e vera :D).












Agora sobre a feira de afroempreendedorismo, vocês não tem noção, na hora que eu cheguei lá eu SURTEI, Jesus amado eu queria comprar tudo e mais um pouco kkk. Era muita coisa linda e cada empreendedora mais simpática e atenciosa que a outra. Tinha um pouco de tudo lá, tinha produtos para cabelo, roupas, sapatos, joias, turbantes, faixas, livros infantis, maquiagem e muito mais. Confesso que eu não comprei tudo que eu gostaria, porem tudo que eu comprei valeu super apena e eu vou causar tombamento com tudo. Vou fazer um post separado com todas as coisas que eu comprei na feira, por que vale apena mostrar com mais detalhes para vocês ♥. A lista dos nomes e os contatos dos afroempreendedores esta no fim do post.

 Algumas fotos da feira <3
























Espero que tenham gostado .









0 Comentários: